(Foto: Reprodução/ TV subaé)
Facebook
Twitter
Google+
Follow by Email

Dois homens foram presos em flagrante por envolvimento na morte de um jovem de 18 anos, na cidade de Itabuna, sul da Bahia. O responsável por efetuar os disparos confessou ter atingido a pessoa errada após o comparsa se enganar ao informar a identidade e localização de quem seria o real alvo.

Os dois suspeitos foram encontrados pelos policiais enquanto jogavam futebol.

A vítima, Thiago Henrique Magalhães dos Santos, estava almoçando no trabalho, quando foi surpreendida e atingida pelos disparos por volta do meio-dia de quarta-feira (18).

Thiago trabalhava em uma distribuidora de água, no bairro de São Caetano. Testemunhas contaram à polícia que ele foi baleado por um homem chamado Alexandre dos Santos, conhecido como Bebel.

Durante as buscas, Alexandre foi encontrado ainda durante a tarde, enquanto jogava bola no campo de uma localidade conhecida como Morro dos Macacos. De acordo com a polícia, ao ser encontrado, ele confessou o crime, mas disse ter matado a pessoa errada.

O homem que seria assassinado pertence a uma quadrilha rival, segundo Alexandre. O comparsa, identificado como Elianderson Santos Bonfim, foi preso junto com ele. Alexandre contou à polícia que Elianderson seria a pessoa responsável por passar a localização do homem que seria assassinado, mas deu as informações erradas.

Durante o depoimento, Elianderson disse que Alexandre pediu para que ele fosse à distribuidora onde Thiago trabalhava, ver se o homem que seria morto estava lá. Elianderson se enganou e deu a localização da pessoa errada, acreditando que a vítima era a pessoa procurada por Alexandre, que esteve no local e efetuou os disparos.

Ainda em depoimento, Alexandre disse que a arma do crime foi jogada em um canal de esgoto. No entanto, a polícia fez buscas na localidade e a arma não foi localizada.

O corpo de Thiago foi liberado na manhã desta quinta-feira (19) e está sendo velado na cidade de Itabuna. O enterro da vítima deve ser durante a tarde porque os familiares aguardam a chegada da mãe de Thiago, que mora em São Paulo.

Fonte: G1-Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *